Terapia Pra Que?

O que te impede de ser feliz? De viver com mais qualidade de vida?

As repostas às questões assinaladas podem ser encontradas quando optamos em ter um acompanhamento terapêutico com psicólogo, uma vez que esta prática visa diminuir ou até mesmo cessar um modo de viver disfuncional.

Nestes encontros conseguimos acessar diversas possibilidades e aprendemos a utilizar recursos internos e externos, que contribuem na transformação de atitudes mais funcionais na vida como um todo.

Ao ter a compreensão de nós mesmos, dos nossos padrões mentais que geram os comportamentos, favorecemos o processo de mudança. E esse processo é contínuo.

É importante entender que o modo disfuncional é percebido desde um incômodo que, por mais que tentemos não conseguimos mudar, e é refletido em pequenas e recorrentes dificuldades do dia-a-dia até a instalação de comprometimentos mais sérios no comportamento como depressão, pânico, ansiedades graves, relacionamentos complicados ou sua ausência, insatisfação no trabalho, conflitos de toda ordem, entre outros.

Desta forma, costumo utilizar técnicas que, na minha visão e experiência, complementam o atendimento psicológico ao permitir que mergulhemos mais profundamente nos conteúdos inconscientes que, por muitas vezes, o processo psicológico somente não alcança.

A seguir, farei uma breve explanação a respeito de cada técnica. Embora sejam utilizadas em diversas problemáticas, sendo algumas já citadas acima, é essencial que o cliente se sinta confortável e, acima de tudo, dê sua permissão para a aplicação das mesmas.

O bom contato é fundamental para viver uma vida mais plena!.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR:

Esta técnica foi criada por Bert Hellinger, psicoterapeuta alemão que está atualmente com 91 anos. É considerada uma terapia breve sendo realizada apenas em uma sessão.

Ao longo de todo a construção de seu trabalho Bert Hellinger afirma que muitas dificuldades pessoais são provenientes de confusões nos sistemas familiares. Ele percebeu que existe uma ordem que traz equilíbrio para o sistema familiar e precisa ser respeitada para não entrar em desarmonia.

Temos um vínculo profundo com nosso sistema familiar, e por vezes as dificuldades que vivemos se dão em função de que algo não está completamente resolvido nesse sistema e nos identificamos com essa situação em busca de um movimento para a solução.

Essa identificação se dá com um membro da família vivo ou não, e é sempre por familiares que foram excluídos, não reconhecidos no lugar que pertencia a eles, e até mesmo esquecidos. Assim repetimos o destino de quem estamos identificados, o que ocorre de modo inconsciente, ocasionando dificuldades para nós que revivemos o problema.

Como a técnica da constelação familiar é feita?

Em um primeiro momento, o cliente traz um tema para ser trabalhado. A partir do tema escolhido utilizo bonecos de madeira para reproduzir o sistema familiar do cliente no contexto assinalado.

Com isto, uma “dinâmica oculta” (inconsciente) é revelada e a harmonia, tão necessária para se manter a ordem no sistema familiar, é resgatada. A solução está na revelação desta dinâmica oculta.

Há um desbloqueio de forma definitiva e profunda nas dificuldades presentes dentro dos temas trazidos, promovendo transformações efetivas para uma vida mais plena, leve e satisfeita.

O cliente se liberta com amor e respeito e segue adiante com a força de seu sistema familiar.

Mesmo sendo uma técnica considerada uma terapia breve, e que acontece em uma única sessão, o cliente pode buscar outros temas para serem trabalhados em constelação posteriores.

Mesmo sendo uma técnica considerada uma terapia breve, e que acontece em uma única sessão, o cliente pode buscar outros temas para serem trabalhados em constelação posteriores.

REGRESSÃO COM ENFOQUE TRANSPESSOAL

A Terapia regressiva é uma técnica que utiliza vivências em estado alterado de consciência, onde a pessoa fica o tempo todo consciente, ativa e participante durante o processo. O Estado alterado de consciência não é estar inconsciente, e sim, como se estivesse prestes a dormir, atenta ao que acontece ao redor. Na verdade, são alterações das frequências cerebrais normais em situações de relaxamento profundo.

Ao longo da vida, e por meio das diversas experiências vividas, lembranças traumáticas são registradas no inconsciente.

Com isso, algumas situações vivenciadas no dia-a-dia, funcionam como gatilhos para acessar tais lembranças. O problema é que muitas vezes estas lembranças retornam por meio de diversas dificuldades e conflitos nos mais variados contextos.

Começo esta técnica com um tema trazido pelo cliente e, com base neste tema constrói-se uma “ficha de indução”. Esta “ficha” é feita durante alguns encontros para depois iniciarmos a regressão.

Na regressão é realizado um relaxamento profundo que leva o cliente ao estado alterado de consciência. Por meio de sugestões guio o processo para atingir os eventos traumáticos que podem estar associados ao problema atual.

Ao final, um dever de casa é entregue para registrar os conteúdos que vieram à tona durante a sessão.

É de suma importância que esse dever seja realizado para facilitar a continuidade do trabalho terapêutico e, principalmente, favorecer as tomadas de consciência, fator essencial no processo de mudança tão almejado pelo cliente.

Pode-se fazer mais de uma regressão, caso seja necessário, e as experiências vividas podem ser diversas. O importante e necessário, é trabalhar em terapia os conteúdos advindos para alcançar maior consciência de si, e assim contribuir para sua transformação.

RENASCIMENTO

Também chamada de Rebirthing é uma técnica que trabalha com o método da respiração consciente. É uma prática segura e acessível a todas as pessoas, pois consiste no controle do ritmo da respiração.

Como respirar é fundamental, esta ação também representa um tipo de contato. Além disso, o modo como respiramos reflete o que sentimos.

O criador da técnica chama-se Leonard Orr, e foi por meio de experiências pessoais ao meditar e respirar em sua banheira que desenvolveu este método que logo se espalhou pelo mundo.

O método possibilita o desbloqueio de eventos traumáticos que foram registrados no corpo e que estão inconscientes. Com isso, limpa esses padrões que estavam registrados e que impediam de experimentar novas percepções a respeito de sua própria vida. Além disso, libera a capacidade de agir de modo bem mais eficiente, com tomadas de decisão conscientes, recuperando a confiança em você e com a certeza de que viver a vida é prazeroso.

A técnica do Renascimento necessita de, no mínimo, 10 (dez) sessões, as quais realizo individualmente. A duração é de 1 hora a 1 hora e meia.

Na primeira sessão ensino como fazer a respiração circular, o que leva em torno de uns 15 (quinze) minutos. Logo depois, o cliente se deita e inicia a respiração.

Durante todo o tempo permaneço dando suporte e cuidando para que o ritmo da respiração se mantenha. Quanto mais o cliente permitir-se experimentar cada emoção/sensação que surge, mais esses padrões serão liberados e transformados.

A prática do renascimento inspira segurança e permite que o que estava resistindo venha à tona e possa ser percebido por outra perspectiva.

A passagem por essas emoções/sensações leva a um profundo estado de relaxamento, integrando os bloqueios emocionais e mentais, além de possibilitar a expansão para uma consciência de si, promovendo uma reavaliação da própria história e a sensação de bem-estar e serenidade.

É um processo de autoconhecimento que desenvolve uma integração da percepção corporal, emocional e mental. Você se torna mais você, agindo de acordo com a própria verdade a cada instante no presente.

O ato de respirar consciente permite dar um novo significado a sua vida nos mais diversos aspectos, gerando uma manifestação do ser criativo que você é, para uma vida mais plena e realizada.

FOGO SAGRADO – ALINHAMENTO ENERGÉTICO

É uma técnica terapêutica xamânica desenvolvida pelo farmacêutico, agrônomo e alquimista Aloyzio Delgado Nascimento. Durante muitos anos conviveu nas tribos indígenas brasileiras e observava como os pajés atuavam durante a realização de seus rituais de cura.

Hoje ele é conhecido como Xamã Dior Allen.

Ele desenvolveu este método trabalhando com muita dedicação com a intenção de ser aplicado fora do contexto das tribos, sem conotação religiosa para alcançar pessoas de todos os tipos e níveis.

A fisioterapeuta Mônica Oliveira trabalhou com ele até sua morte. Ela (re) estruturou e sistematizou a técnica, dando-lhe um formato terapêutico e atribuindo o nome de Fogo Sagrado-Alinhamento Energético, tornando-a acessível a todos. Ao longo de nossa vida, a partir de experiências prazerosas e dolorosas, instalamos no inconsciente, crenças, padrões emocionais e comportamentais, que muitas vezes se manifestam limitando nossas ações no dia-a-dia. Este conjunto de conteúdos psicoemocionais formam corpos energéticos em desequilíbrio.

Para realizar o alinhamento energético deste corpo energético em desequilíbrio, utilizo a técnica do Fogo Sagrado, que traz para o nível da consciência a sua polaridade positiva.

É realizada em sessão individual com crianças, adolescentes, adultos e casais, presencialmente ou à distância.

A duração é em média de 1 (uma) hora e meia a 2 (duas) horas. O cliente se beneficia ao sair de uma sessão como esta com a consciência mais elevada sobre si mesmo e conectado com as frequências equilibradas da sua essência.

As mudanças em sua vida são bastante significativas, pois esta técnica permite trazer à sua mente uma clareza a respeito do potencial positivo que existe dentro dele mesmo.

FLORAIS DE BACH

Dr. Edward Bach, médico inglês, homeopata, bacteriologista e patologista criou e desenvolveu os 38 remédios no sistema floral de Bach, durante as décadas de 20 e 30.

Para ele o que deve ser tratado na pessoa não é a doença e sim a pessoa.

Não tem efeitos colaterais e nem contraindicações, bem como não existe idade mínima para o uso do floral.

É de aplicação simples e a prescrição padrão é de 4 (quatro) gostas diretamente na boca, no mínimo 4 (quatro) vezes ao dia.

Cada um desses florais está associado a uma emoção e o objetivo desta terapia é promover o equilíbrio, ajudando a pessoa a lidar com os sentimentos em conflito. Pode-se trabalhar emoções específicas ou conjuntos de emoções.

O floral não “coloca” o que falta, e sim, proporciona que a pessoa aflore a característica positiva que já possui.

As essências são ferramentas que auxiliam no processo de mudança e transformação.